domingo, 7 de outubro de 2007

Aprenda Gestalt com James Brown

Os conceitos da Gestalt se aplicam maravailhosamente aqui. Veja só:
EMERGÊNCIA: O rosto aparece por inteiro, depois identificamos suas partes. Ao contrário de um texto escrito, não se vê pedaços de uma imagem que, aos poucos, compôem um todo.
REIFICAÇÃO: O rosto é construído pelos traços que se formam nos espaços entre as linhas e letras (repare a franja). Eis um excelente exemplo da importância dos espaços em branco (vazios) no desenho de uma página. Eles dão suporte para os outros elementos.
PERCEPÇÃO MULTI-ESTÁVEL: Em uma composição bem-feita, a visão não "pára" em um lugar. Perceba como você olha para o rosto, o nome, o fundo. ISSO é interatividade, muito mais interessante que um pop-up ou qualquer outra chatice publicitária.
INVARIÂNCIA: As letras são reconhecidas e podem ser lidas, pouco importa seu tamanho, distorção ou escala.
FECHAMENTO: Tendemos a "completar" a figura, ligando as áreas similares para fechar espaços próximos. É fácil ver as bochechas, a língua (escrita "soul", genial) etc. É o mesmo princípio que nos permite compreender formas feitas de linhas pontilhadas.
SIMILARIDADE: Agrupamos elementos parecidos, instintivamente. Perceba que, por mais que você tente evitar, o rosto se destaca do fundo, mesmo sendo da mesma cor.
PROXIMIDADE: Elementos próximos são considerados partes de um mesmo grupo.
SIMETRIA: Imagens simétricas são vistas como parte de um mesmo grupo, pouco importa sua distância. É o que forma o fundo - e o separa do rosto.
CONTINUIDADE: Compreendemos qualquer padrão como contínuo, mesmo que ele se interrompa. É o que nos faz ver a "pele" do sr. Brown como algo contínuo, mesmo com todos os "buracos" das letras.
DESTINO COMUM: Elementos em uma mesma direção são vistos como se estivessem em movimento e formam uma unidade, como se percebe na "explosão" que acontece no fundo do cartaz.



blogger http://dwd3.blogspot.com/2007/05/aprenda-gestalt-com-james-brown.html


4 comentários:

Mr. Dhein disse...

muito bom esse poster to pensando até em imprimir ele e por na parede hehe muito bom

queira ver alguem fazer isso nos dias atuais hehe

Daniel Confortin disse...

Putz! Fantástico hein!? Aaaa... essa gestalt eheheh... parabéns Ana, um achado!

Luli disse...

Não copie meu post. Não faça suas as idéias que são dos outros. Isso é plágio, e não agrega valor. O original está em http://www.luli.com.br/2007/05/22/aprenda-gestalt-com-james-brown/

Bruno Castro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.