quinta-feira, 23 de agosto de 2007

Alexei Brodovitch


As referências estéticas do passado são resgatadas constantemente para produzir produtos contemporâneos.
Alexei Brodovitch mostrou o quanto um designer pode ser um visionário.
Juntamente com a sua família Brodovitch foi para Paris,aonde em
pouco tempo deteve reconhecimento em seu trabalho gráfico ,
tendo ganhado dois concursos com seus posters de carater inovador.
Após alguns anos recebeu uma proposta para ensinar estudantes de
design os conceitos básicos do mercado Europeu,atuando
paralelamente como free lance.
Foi durate muitos anos atuando como diretor de Artes da Hapers Bazzar,
que Brodovitch revolucionou o design editorial.
Unindo-se com o trabalho de Richard Aveidon (fotógrafo)
eles mudaram a cara da revista,mostrando as roupas não mais como
peças de fábrica e sem vida, esse foi o grande diferencial entre
a Hapers Bazzar e a sua concorrente Vogue.
Ele determinava regras de composição apoiadas em três elementos:
fotografia,texto e áreas vazias(foto 2),fazendo com que esses elementos
interagissem entre si.
Brodovitch deixou não apenas seu estilo que marcou época,
mas mudou o meio editorial da moda.

Site da Hapers Bazzar :http://www.harpersbazaar.com/

5 comentários:

Ana Goul disse...

Adorei
^^

Daniel Confortin disse...

Tinha um outro designer que falava justamente serem os "vazios" o mais importante em um design. Não lembro agora o nome do indivíduo... tem um livro "design em espaços" acho... não sei... (please children, dont use drugs) mas faz grande sentido...
Baita texto! =D

Wendel Azevedo disse...

Bah apesar de atualmente não ser minha intenção esse ramo, eu gosto desses trabalhos ae, o ALEXEI pode servir de inspiração pra muitas empresas de hj, algumas brasileiras e outras internacionais que estão precisando dar uma renovada ou uma valorizada nos trabalhos pelo meu ponto de vista.
bom trabalho!

Joice disse...

Muuuuuuuuuuuuuito interessante!!! A moda hoje tem características inovadoras, interessantes de se analizar, mas acredito também que muito tenha que se resgatar, essa interação feita por Alexei revolucionou seu trabalho, acho também, concordando com Wendel, que é preciso dar uma renovada neste meio.

Kurzawa disse...

Gosto deste estilo de vazio, mostrar realmente o que quer mostrar, dando toda essa interação... focando o produto... muito interessante...

Abraços